Importancia de Metas no esporte de rendimento

A importância do estabelecimento de metas no esporte de alto rendimento.
A Psicologia do Esporte aplicada ao alto rendimento tem como uma das suas principais funções o desenvolvimento de habilidades psicológicas específicas para o esporte. Este processo ocorre através da correta planificação do treinamento psicológico que busca ensinar aos atletas técnicas que auxiliarão no desenvolvimento tais habilidades. Uma das técnicas básicas que todo atleta precisa dominar e que é utilizada com sucesso por muitos atletas olímpicos, inclusive, pela nossa medalhista olímpica Sarah Menezes é o Estabelecimento de Metas. Esta técnica corresponde a um planejamento de expectativas realistas no qual o atleta, juntamente com seu técnico, estabelece para conquistar um determinado objetivo ou meta, que pode ser vencer uma luta ou ganhar uma medalha, por exemplo. As metas compreendem exatamente o “como” e “o que” o atleta vai fazer em toda a temporada para conquistar o que almeja sem se fixar somente nos resultados desportivos. Para um maior entendimento, as metas podem ser divididas em: metas de resultado: focalizam no resultado competitivo do evento; metas de desempenho: voltadas a atingir padrões ou objetivos de desempenho independentemente dos outros competidores e; metas de processo: focalizam nas ações que o atleta deve praticar durante o desempenho para atuar bem. Os judocas devem utilizar estes três tipos de metas e o importante é saber quando se focalizar em cada tipo e não dedicar toda a atenção nas metas de resultado. Estas, por se focalizarem somente em resultados de competição, direcionam a mente do judoca apenas para conseguir a vitória, contribuindo para o desenvolvimento de sintomas de ansiedade e estresse. De acordo com as pesquisas de Weinberg e Gould (2008) estabelecer metas funciona porque elas dirigem a atenção do atleta para elementos importantes da habilidade ou da tarefa aumentando a concentração, a motivação, o esforço e a persistência. Além disso, facilitam o desenvolvimento de novas estratégias de aprendizagem e; influenciam indiretamente o comportamento porque provocam mudanças em fatores psicológicos importantes, como a autoconfiança, a ansiedade e a satisfação. Para se efetivar uma meta, é preciso dois elementos: direção: aponta aonde se quer chegar; e condições de realização: o mínimo de habilidade necessária para se chegar ao objetivo. Os judocas podem ter como objetivo ou meta efetuar um determinado número de golpes a cada dois minutos de luta, executar determinada técnica aprimorando-a nos próximos 10 treinos, assistir aos vídeos de lutas de seus adversários duas vezes por semana até a próxima competição, diminuir o número de vezes que um adversário tecnicamente superior o arremessa ou mesmo arremessar um adversário tecnicamente inferior quatro vezes por luta, realizar a técnica de mentalização meia hora antes do treino, etc.
Desta forma, percebemos que o Estabelecimento de Metas dependerá da necessidade de cada atleta devendo ser desenvolvido individualmente e buscando sempre o auxílio do Psicólogo do Esporte que o ensinará a utilizá-lo de forma simples e direta, tornando-se assim, um instrumento realmente útil para os atletas que desejam alcançar um aumento de sua performance.
Fonte: www.cbj.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Judô Adulto Cssgapa

Treino em formato de Festivalzinho!!